JESUS EM MIM!

0

septiembre 6, 2014 by Bortolato

“Eis que se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo”  (II Coríntios 5:17)

Muitas vezes li esta passagem das Escrituras Sagradas, mas nunca como agora.  Posso hoje perceber o que é estar em Cristo, graças a Deus!

Percebi que é deixar o nosso espírito aberto para que Ele, Jesus, venha e passe a habitar, fazer morada permanente, mesmo, dentro de nós, permitindo-Lhe passar a compartilhar de todos os detalhes da vida, tanto os corriqueiros como os mais importantes, e isso a todo instante.

Temos vivido por muito tempo longe do Senhor Jesus, tentando fazer o melhor , mas volta e meia sendo surpreendidos pela atuação do princípio do pecado dentro de nossas almas.   O que queremos fazer para agradarmos a Deus parece algo distante da sua plenitude, e aquilo que não queremos fazer, isto é, pecar, parece resistir e ainda estar dentro de nós como um intrometido clandestino que se ocultou em algum recinto não percebido de nossos corações, manifestando-se vez por outra, como se a zombar de nosso desejo de sermos agradáveis a Deus, como que sempre a dizer: – “Ei, eu ainda estou aqui, vivo e atuante”.

Não fora as grandes manifestações da misericórdia divina, constantes, como um dedicado mestre, um pedagogo fiel a insistir-nos que temos jeito, sim, e que Ele, Deus, não desiste de nós, então sucumbiríamos ante o poder do pecado.   Ainda bem, graças aos céus, Ele está ali, sim, também a trabalhar dentro de nossos corações!

Quando o diabo percebe alguma falha nossa quando tentamos viver de acordo com a vontade de Deus, esse nosso principal adversário vem logo lançando suas setas, cutucando nossas consciências, almejando destruir aquilo que o Senhor construiu com tanta paciência e amor.

Mas o estar em Cristo é diferente.  É Cristo em nós.  Especificamente, Cristo em mim!

E quando Cristo vem para dentro de mim, Ele não leva em conta os nossos pecados.  O pecado exige, sim, nossa retratação ou uma punição de Deus, mas Cristo… é Cristo!   Ele é diferente!  Ele é o nosso advogado perante o Pai.    Ele nos perdoa e faz-nos até esquecermos de todo o mal de que alguma vez tenhamos feito parte, não nos imputando mais culpa de pecado algum.  Ele é mesmo muito diferente do que há neste mundo, e muitíssimo diferente do legalismo extremo de Satanás.

Se algo em nossa consciência nos estiver agrilhoando, fazendo com que nossos corações façam uma incursão, uma verdadeira viagem panorâmica através do passado, remexendo e revirando as lembranças dos nossos erros, é hora de pararmos e olharmos para Jesus, mostrarmos tudo isso a Ele, e pedirmos que Ele esteja bem juntinho de nós.   Na verdade, Ele já estava ali, mas não o sentíamos.   Quantas viagens dessas V. já não fez?   Já disse a si mesmo: “por que é que fui fazer isso?  Ou aquilo? Ou aquele outro? E mais outro, e outro?”

Se, porém, deixamos que Cristo viva conosco, e viva em nós, não somos mais o que fomos.   O vazio está preenchido.   Os pecados são esquecidos milagrosamente.   A viagem agora é outra:  não revivemos mais culpas, mas uma realidade suave dentro da alma, que chega tomando os espaços da mente e do coração.   O que vem a ser isso?   Não é “isso”, mas é Ele!   É Jesus!   Que bênção de Deus!

Com um simples toque nas nossas almas, Ele vem, trazendo instantaneamente aquela graça, aquele amor, aquela compaixão pelo pecador, de forma que somos, em um piscar de olhos, transformados, de pobres condenados, em ricos filhos do Deus Altíssimo.

Ele então nos traz a Sua vida para dentro de nós.   É a vida do Filho de Deus dentro de nós.  Assim, agora entendemos o que o apóstolo Paulo disse:

“… vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.”  (Gálatas 2:20)

Ele nos enche com o Seu ser.   Somos mudados, à medida que Ele, participando do nosso viver, será sempre uma outra pessoa vivendo dentro de nós.  Pessoalmente.   Não podemos dizer “em carne e osso”, porque Ele habita em nós pelo Seu Espírito, mas de uma forma muito eficaz.  E esta pessoa é o Filho do Deus Vivo, perfeito, amado, cheio de amor, ao ponto de fazer-nos transbordar o Seu caráter.

E Ele não nos invade com truculência.   Ele espera pela chance de darmos a Ele toda essa liberdade de entrar dentro de nosso ser!   Ele espera dizermos:  “Eis-me aqui, Senhor!  Entra para dentro de mim!”

O melhor de tudo é sabermos que não temos mais pecados, mas Cristo, Aquele que os expiou, e eliminou na cruz, vivendo dentro de nós!

Ele é a esperança da glória!   E que esperança!

Este sentimento feliz que fica como resultado da percepção do toque suave do amor do Pai, que passa também a habitar em nós e a viver dentro de nós.   Como?   Mais outra Pessoa vivendo dentro de nós?  É que o Pai está em Jesus, e Jesus no Pai.    Isso não somente demonstra o poder transformador de Deus, mas deixa no fundo de nossas almas uma marca indelével e inapagável, ainda que não percebida por alguns.   Se ainda não a percebemos dentro de nós, se temos Cristo em nós, é só vasculharmos bem no fundo dos nossos  corações e logo a veremos: esta marca tem as características de um selo.   É o selo do Espírito Santo, que também está no Pai e em Jesus, como que em  Eles embutido.

É uma doce surpresa!  É como a busca daqueles ovos de Páscoa que os pais escondiam dos filhos nos seus jardins, e os incentivavam a procurá-los até que fossem encontrados.  O Espírito Santo está no nosso jardim dos nossos corações!   A alegria que vem do céu é apenas um indício de calor, indicando que há um fogo por perto.    O Pai celeste então diz: – “Está ficando quente, meu filho!   Está ficando quente!   E agora, mais quente!

À medida que mais nos aproximamos do Espírito Santo os nossos corações vão se aquecendo mais,e mais, cada vez mais.   Em dado momento poderemos começar a sentir que está fervendo.

Se nos afastamos dEle, ainda que por um pouquinho, então Ele diz:  “Agora está ficando frio.   Está esfriando!  Volte, volte, filho meu!  Volte para o calor do Meu Espírito!  Para onde V. está indo, Eu não vou chegar para buscá-lo – é V. que deve virar-se, e voltar a aproximar-se de Mim.   Vamos lá, vire-se, volte!  V. quer?

Ao abrirmos o coração para Suas palavras, logo notamos que Suas palavras funcionam.  As chagas e feridas do coração logo são apagadas, e nem deixam cicatrizes.   A cura do nosso interior acontece, e vemos que a dor logo vai passando, deixando o seu espaço para um lugar perfumado.

É um perfume muito suave, delicioso.  A gente vai seguindo aquele perfume caminhando, para vermos de onde vem, e logo sentimos a bênção de Deus.  Não queremos mais deixar de sentir aquele aroma, tão atraente.   De onde ele vem?   Se V. notar bem, ele vem daquele selo, de uma marca que ficou dentro de nós e que nos indica aonde nasce uma fonte – a fonte de águas vivas.

Espere!   Não é dali que vem o calor do Espírito?   Não deveríamos ver um fogo?  Por que então estamos vendo uma fonte de águas?   Acontece que Deus conhece bem nossa estrutura, que é frágil, e não suporta muito calor.   Certamente que aquele fogo está também ali, naquele selo, mas devido à nossa natureza de pouca resistência, o calor vai sendo compensado em uma balança que pesa-o de um lado, e à água viva de outro, no outro prato daquela balança.  Enquanto isso, o Fiel da balança aponta para cima.

O fogo continua a arder, mas a água continua a refrigerar nossas almas.   Parece que o fogo de Deus e a água viva são os mesmos elementos, no plano espiritual de Deus.

É assim que começa e que continua a viagem do cristão, peregrinando por este mundo.  A cada momento, um pequeno ou longo diálogo com Jesus em nós, um fogo nos aquecendo, e aquela água viva nos refrescando.

O melhor de tudo, dessa marca maravilhosa de Jesus em nós é que Ele é a esperança da nossa glória que está para se manifestar em breve.   Essa marca indelével nos diz, assegurando com firmeza que Ele em breve Se manifestará, trazendo a este mundo o Seu Reino que durará eternamente.

Não fiquemos tristes, portanto, com a partida de nossos irmãos amados e queridos que estão em Cristo.  Eles estarão recebendo uma promoção tal, uma elevação de nível, um aperfeiçoamento de corpo e de alma que os farão muito felizes, bem mais do que seriam se ficassem aqui neste mundo tenebroso.   Eles na verdade não morrem, mas apenas mudam de um lugar para outro que lhes eleva seu status diante do Todo Poderoso!

Aqueles que lá já estão, estão ansiosos pelo momento em que estarão no Reino de Cristo, do Messias, quando ficarão mais felizes ainda, e reinarão fundos com Ele.   Isto é maravilhoso!   E eles jubilarão com o momento do nosso reencontro, no qual não haverá mais dor de separação!

Não esperemos menos que isso de Deus!

Abramos nossos corações, sintamos o Seu perfume, o Seu calor e Sua glória viva!   Hoje é o dia!


0 comments »

Disculpa, debes iniciar sesión para escribir un comentario.

Comentarios recientes

    Fatos da História

    Evangelho